Buscar
  • cris mello

Colocando Os Pingos Nos "Is"



Tenho trazido para o Blog alguns dos Artigos já publicados no LinkedIn, e que são parte de um quebra-cabeças que meus seguidores vão poder montar para me conhecer um pouco e entender o que faço.





Vitrineilhabela - Como Isso Aconteceu?


Vídeo de 1 minuto onde conto como surgiu a Vitrineilhabela. Uma história interessante sobre criação da própria realidade. Coincidências.


O Poder Da Arte No Alinhamento De Nossas Emoções



Este já é um vídeo longo (17 minutos), contando como comecei a pintar.

Há males que vêm para o bem, mesmo que seja uma Crise de Pânico.


Vovó Baby Boomer, Whatever!


2019 foi um ano intenso de busca por recolocação no mercado de trabalho. Foi quando senti na pele o que é discriminação. Preconceito.



O Tempo Passa... As Experiências Ficam!


A importância da inclusão dos "experientes" no universo corporativo. Diversidade.


Voltando Ao Plano "A"


Foi com o artigo abaixo que converti meu perfil do LinkedIn para a ARTE. Transformação.


Artistas Não Fazem Apenas Arte


Repost LinkedIn - Publicado em 8 de setembro de 2021


Ser artista ultrapassa a forma de expressão.


Fazer arte é um ofício que vai muito além da obra, envolve atitude transformadora e um modo criativo de viver. Através de sua obra o artista tem a missão de informar, incitar, instigar, influenciar, cativar. E, para que isso aconteça, é fundamental que seja convicto de que sua arte tem o poder de emocionar, uma vez que a sua realização reside no processo da criação de algo que faça conexão com o mundo.


O ateliê do artista é um santuário, um espaço de experimento e comprovação diária da crença em si e na fidelidade na construção de uma identidade.


Mas uma coisa é certa, todo artista quer viver de sua ARTE, e são pouquíssimos os que alcançam sucesso na comercialização de seus trabalhos.


Como artista empreendedora encontrei um caminho com prenúncio de crescimento, sem violentar meus conceitos de liberdade e independência. Entrei em cena como artista empreendedora em busca da conquista de mercados para minhas criações, inovando e, também, inspirando pessoas a irem em busca de suas verdades.


Ser artista empreendedora não é apenas uma profissão. Além de construir uma identidade que depende de uma série de aptidões e habilidades, o artista empreendedor conceitua, executa e desenvolve estratégias de marketing para entrar no jogo com um "Royal Street Flash" nas mãos, sem blefe! Pois a obra de arte reflete sua ética, sua responsabilidade social e política. O artista quer que o sistema seja, também, capaz de voltar os olhos para si mesmo.


Com este artigo termino de colocar os pingos nos "is" e inicio novas postagens no Blog da Vitrine.


Saudações!







19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo